fbpx

Experiência de 3 noites em São Miguel Açores

Partilhar Artigo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Experiência de 3 noites em São Miguel Açores, Ilha Verde, Novembro 2019.

É tal a beleza da Ilha, que tinha prometido a mim mesmo quando fui a São Miguel Açores em 2014 que voltaria com a família.

Dia 1 - Chegada a São Miguel

são Miguel Açores

DIA 1: Chegámos à Ilha de São Miguel ao final da tarde, pelo que a ideia era, levantar um automóvel, chegar ao hotel para deixar a bagagem e ir jantar e foi isso que aconteceu.

Ficámos hospedados no The Lince Azores Great Hotel, Conference & Spa 4*, que se revelou uma boa opção de alojamento em Ponta Delgada, perto do centro, quartos amplos, ótimo pequeno-almoço, com estacionamento gratuito nas imediações do hotel e como extra a simpatia do staff.

Dia 2 - Visita Lagoa das Furnas

Desfrutámos de um tranquilo pequeno-almoço do Hotel Lince e partimos em direcção às Furnas. A primeira paragem foi em Vila Franca do Campo, para um cafezinho e tirar a necessária foto ao Ilhéu. Arrancámos em direção ao nosso destino e fomos sendo envolvidos por uma subida de verde exuberante…mas que Ilha abençoada!

Chegando ao topo e iniciando a descida o primeiro avistamento foi a deslumbrante Lagoa das Furnas….que maravilha, que espelho de água…primeiro UAU! Resolvemos fazer uma paragem para ver as fumarolas (paga-se 4 euros por adulto e as crianças entram grátis).

É um pouco arrepiante sentir o cheiro a enxofre e ver aquela quantidade de fumo e água a borbulhar! A natureza é incrível! (é aqui que os restaurantes têm os buracos para a confeção dos cozidos).

Furnas Açores

A paragem seguinte foi na povoação das Furnas, mais concretamente, no parque Terra Nostra. O preço de entrada no parque é de 8 euros/adulto e 4 euros/criança, mas vale cada cêntimo!

Uma banhoca no tanque de água termal com temperaturas entre os 35 e os 40º graus é especial e super relaxante (o parque dispõe de balneários para troca de roupa).

Saímos para almoço, mas à saída do parque foi-nos carimbado o braço para podermos voltar da parte da tarde. O repasto foi o incontornável cozido à portuguesa da caldeira, no restaurante “Tony’s” que fica a cerca de 400 metros do parque (1 dose de cozido para 2 pessoas custa 24 euros). O serviço foi muito rápido e o cozido é bem servido! (acho que dá para 3 pessoas).

A digestão foi feita no regresso ao parque Terra Nostra, desta vez para visita aos super arranjados e lindíssimos jardins (é fácil perdermo-nos nas horas).

São Miguel Açores

A paragem seguinte foi já em passo de corrida, uma vez que o final da tarde estava a chegar rapidamente, para chegar ao miradouro da Lagoa do Fogo (cerca de 40 minutos de viagem) e mais um UAU…que visão assombrosa! Natureza em todo o seu esplendor!

São miguel Açores

Regresso ao hotel e preparação para o jantar.

Demos uma volta pelo centro da cidade de Ponta Delgada (zona comercial, Igreja Matriz e Portas da Cidade) e acabámos por jantar na marina (Portas do Mar), num restaurante conhecido de outras paragens, o “Ramirez”, conhecido na Guia/Albufeira pelo famoso frango (cerca de 12 euros o frango).

Dia 3 - Lagoa das Sete Cidades

Açores São Miguel

Depois do pequeno-almoço e do inevitável café, saída em direção à Lagoa das Sete Cidades (cerca de 30 minutos de viagem), desta feita a meteorologia não ajudou (muita chuva)! Faz parte do tempo açoriano!  

Chegados ao Miradouro do Cerrado das Freiras, vista deslumbrante da Lagoa, descemos em direção à povoação das Sete Cidades, no fundo da caldeira, onde parámos e apreciámos a beleza indescritível das escarpas verdejantes.

Subimos novamente em direção ao Miradouro da Vista do Rei (onde se encontra um hotel abandonado), talvez a melhor vista da lagoa, mas por falta de sorte, estava completamente tapada por nevoeiro…são os Açores!

Saímos para almoço em direção à vila piscatório de Rabo de Peixe, mas para comer o afamado bife da Associação Agrícola (cerca de 40 minutos de viagem). O primeiro impacto foi que ao contrário do que se pudesse pensar é um ambiente sofisticado e nada tradicional.

Em relação ao bife à que dizer que 200gr do lombo é delicioso e mais que suficiente (12 euros/pessoa).

Depois para ajudar à digestão, partida em direção à única plantação de chás da Europa. Fomos até à fábrica de chás da Gorreana, no concelho da Ribeira Grande, onde é possível degustar um chá verde ou preto gratuitamente (têm dispensadores para os visitantes). 

Seguidamente, regressámos à Lagoa das Furnas para contemplar a Capela de Nossa Senhora das Vitórias, mas de facto a chuva não dava tréguas…

Voltámos ao hotel para um mergulho na piscina interior e preparação para jantar.

Dia 4 - Farol de Santa Clara

Pequeno-almoço no hotel com degustação do famoso Bolo Lêvedo.
Check-out do hotel, uma passagem pelo Farol de Santa Clara à saída de Ponta Delgada e devolução do automóvel no aeroporto (a inspeção não demorou mais de 2 minutos) e embarque rumo a Lisboa!

Os AÇORES nunca desiludem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Registe a Nossa Newsletter

Recebe Novidades e Promoções

Mais Sugestões

Tem Uma Ideia Diferente?

Fale Connosco Nós Realizamos A Sua Experiência

Viagens e Excursões
Precisa de Ajuda? Fale Connosco